Entenda quais são as práticas de uma empresa sustentável


10/11/2017
Por Inoven

Acredito que, em algum momento da sua vida, você já deve ter ouvido falar em sustentabilidade. Acertei? Porém, muitas pessoas, por mais que já tenham ouvido falar do assunto, não sabem o que realmente significa o termo sustentabilidade. Se você faz parte desse grupo, não se preocupe, porque vamos contar sobre algumas empresas que já colocaram essa questão no centro de sua estratégia. Vamos lá!
 
Philips

Eficiência energética tem sido uma preocupação constante na Philips, que é considerada um destaque na produção dos chamados “produtos verdes”. A empresa está investindo fortemente para a economia de energia com sistemas de iluminação conectados e LED, em que o consumo de eletricidade pode ser reduzido em até 80%. A organização assumiu compromissos voltados para sustentabilidade e, um deles, é a meta de que 80% do faturamento deve estar ligado a produtos, sistemas e serviços que oferecem benefícios ambientais e sociais.
 
Natura

Na lista de empresas mais sustentáveis do mundo, divulgada anualmente pela Corporate Knights, a Natura é a primeira brasileira a constar no ranking. Sua atuação vai além do impacto ambiental. A organização promove programas de desenvolvimento de comunidades locais, especialmente na Amazônia, onde uma parte de sua matéria prima é extraída. Além disso, benefícios e programas de desenvolvimento de funcionários e relacionamento com revendedoras são alguns dos motivos pelos quais a Natura é considerada uma das empresas mais sustentáveis do mundo.
 
Bradesco

A inclusão social e financeira é um tema levado a sério no Bradesco. Em 2010, foram pioneiros no lançamento de um seguro residencial em comunidades carentes. Os preços da apólice popular foram pensados a caber no perfil do morador dessas comunidades, ampliando um serviço que, até então, era privilégio dos moradores “do asfalto”. Além disso, o banco já recebeu o Prêmio Lationamerica Verde, por sua atuação junto às comunidades ribeirinhas, facilitando seu acesso a serviços financeiros.
 
Depois destes exemplos tão diversos, podemos concluir que sustentabilidade tem a ver com a permanência de um sistema ou processo. Na prática, para que algo seja considerado sustentável é preciso estar atento aos impactos ambientais, econômicos e sociais gerados. Isso significa que esse sistema/processo (e empresa!) precisa ser ecologicamente correto, socialmente justo, economicamente viável e também culturalmente diverso.

Nenhuma das iniciativas das empresas acima teria acontecido se não fossem as pessoas, certo? A prática das empresas se soma às práticas das pessoas que fazem parte da organização.

Por isso, te desafiamos a uma reflexão: quão sustentável você tem sido ultimamente? Como estão suas preocupações e atitudes sobre o tema?

Reflita, influencie e aja. Sua carreira e o mundo agradecem!

Halina Mattos
Consultora de Inovação