Quer ser trainee? Esse texto é para você!


06/11/2017
Por Cia de Talentos

Estava no aeroporto de Betim quando dois jovens sentaram-se ao meu lado e começaram uma interessante conversa sobre oportunidades de carreira, agora que estão recém-formados.
 
Os programas de trainee eram, para eles, a MELHOR opção de longe!  Mencionaram o job rotation e a oportunidade de conhecer todas as áreas; o programa de desenvolvimento robusto (“tem um monte de treinamento”) e o salário. Também ouvi mencionarem o programa de algumas empresas renomadas do mercado como mais um diferencial desta porta de entrada.
 
No meio da conversa, a moça disse que estava para se inscrever em uns 10 processos, mais ou menos, enquanto o rapaz estava focado naqueles que oferecem um tempo fora do país.
 
Ter o protagonismo de ir atrás do que se quer é bárbaro e recomendável. No entanto, meu papel como consultora de carreira me deixa à vontade para fazer algumas observações aos que desejam ocupar um cargo de trainee:
 
MATCH DE VALORES

Procure identificar as empresas que têm mais o seu jeito de pensar. Isso é importante porque as companhias buscam pessoas que estejam mais alinhadas ao seu perfil. O processo tem este olhar. Será que a moça da conversa se identifica realmente com todas aquelas 10 empresas? Será que ela não corre o risco de gastar sua energia com empresas que pouco têm a ver com o perfil dela e quando chegar a vez da empresa em que sonha trabalhar, estar tão cansada que o desempenho será inferior? É muito importante pensar sobre isso...
 
BENEFÍCIOS X COBRANÇAS

Outro ponto fundamental para refletir é sobre os benefícios oferecidos e o que será cobrado. Se as empresas investem pesado no trainee, obviamente elas esperam por resultados proporcionais. Você está pronto para ser provocado a entregar trabalhos com excelência? Ser instigado a fazer mais e melhor? Já parou para pensar se você realmente tem este perfil? Cuidado, trainee não é uma pós-graduação, é um trabalho e possui desafios. Cada pessoa tem um perfil, avalie com cautela se o seu é de um trainee, para não se frustrar com eventuais reprovações. Conheço inúmeros jovens que entraram no mercado de trabalho por outras portas e estão muito realizados.

ENTENDA O PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PRIMEIRO  

Avalie em profundidade os programas, pois, nem sempre há job rotation extenso, além disso, a possibilidade de fazer parte do programa fora do país é oferecida por poucas organizações.

Por Martha Magalhães
Consultora de Carreiras