Currículo, por onde começar?


10/06/2019
Por Cia de Experts

Ótima pergunta!
 
Antes de darmos algumas dicas, reflita um pouco sobre o assunto:

- Atualmente, muitas vagas estão condicionadas ao preenchimento de seu currículo em um sistema. Quando isto acontecer siga as instruções procurando sempre ser o mais claro possível.
 
- Para alguns setores o currículo deve ser o mais completo possível e trazer todas as suas experiências, por exemplo, para aqueles que querem seguir a área médica.
 
- Os interessados na academia terão, invariavelmente, que preencher o lattes, que é também um sistema próprio para quem quer seguir na área de Ensino & Pesquisa.
 
- Temos também os publicitários, em que o currículo vira Portfólio e não obedece necessariamente a formatos pré-definidos.
 
Com certeza deve haver mais alguma especificidade, mas, por enquanto, vamos conversar sobre o currículo padrão.
 
A primeira pergunta que você deve fazer é:
 
Qual o objetivo de um currículo?
Um currículo é apenas sua primeira impressão, ou seja, são aquelas informações que irão gerar ou não o interesse do recrutador. Portanto, três ou mais páginas irão cansar o interlocutor.
 
O que precisa constar nesse currículo?
De primeira, é necessário informar os seus dados de acesso: nome, celular e e-mail, assim como informações sobre seu endereço. Depois, sua área de interesse. Os recrutadores recebem milhares de currículos, se eles tiverem que ler todos para descobrir sua área de interesse… dará muito trabalho. Então, conte de forma clara e objetiva, pois isso facilita a vida do recrutador.
 
Habilidades: um parágrafo é suficiente para escrever algo valioso sobre você. Pense: “o que eu devo colocar que chamaria a atenção do recrutador desta empresa”? E sempre diga a verdade!
 
Formação: aqui é a sua escolaridade, da mais recente até a primeira, limitado à faculdade.
 
Experiências profissionais: essa é uma parte muito importante. Na maioria dos currículos podemos encontrar uma série de atividades, tudo bem, sabemos que você ralou e trabalhou duro, mas logo após o nome da empresa e cargo ocupado, escreva qual foi seu maior desafio e os resultados que obteve. Isso é mais relevante.
 
Experiências adicionais: você pode colocar trabalhos em ONGs, na sua Igreja, experiências que tenham acrescentado algum aprendizado.
Lembre-se, tudo o que você colocar será passível de perguntas. Não minta, nem aumente. Além disso, não se comprometa com coisas que não foram 100% fruto do seu trabalho.
 
IMPORTANTE: Sabemos que parece óbvio, mas é importante reforçar porque ainda vemos uma infinidade de currículos com este tipo de problema. Vamos lá!

- Coloque número de páginas no seu currículo.
- Verifique a formatação e a ortografia para não haver erros.
- Tamanho de letra: 12 para não errar.
- Espaçamento: 1:15 é quase padrão.
- Cuidado com formatações com muitos elementos, dificulta a leitura.

E se você for levá-lo, o mesmo não pode estar amassado ou sujo.  
Peça por um feedback a alguém sobre o conteúdo, se está claro, se o formato está limpo e fácil de ler.
 
Bom trabalho!

Por Martha Magalhães
Consultora de Carreiras